3.ª edição do Prémio regista o maior número de participantes de sempre
3.ª edição do Prémio regista o maior número de participantes de sempre

Prémio IN3+ fecha candidaturas com 87 projetos a concurso

6 de novembro de 2020

O período de candidaturas da 3ª edição do Prémio IN3+ encerrou com 87 participações, vindas de mais de 30 entidades, entre universidades, centros de investigação, empresas e startups, de norte a sul do País, incluindo, pela primeira vez, participações a nível internacional.

Perante as dificuldades sentidas este ano, o Prémio IN3+ ganha ainda mais relevância pela sua contribuição na descoberta das pessoas e das instituições que todos os dias trabalham de forma a tornar Portugal pioneiro na inovação, no ensino e na ciência. Um contributo cada vez maior deste que já é um dos maiores prémio à inovação em Portugal, uma vez que nesta edição foi registado um aumento de 163% de candidaturas face à edição anterior.

Esta edição foi também marcante para a Rede de Inovação INCM, à qual se juntaram 27 novas entidades. Agora composta por 48 parceiros, esta rede contribui para o desenvolvimento de projetos de I&D e de novas soluções em diversas áreas de atuação da INCM.

Gonçalo Caseiro, Presidente do Conselho de Administração da INCM, assinala que “Estamos muito satisfeitos com o número de candidaturas que recebemos e acredito que também ficaremos com a qualidade das mesmas. Inovar é construir o futuro e, fazê-lo em parceria com a academia de Portugal, com os nossos investigadores, com as nossas startups e empresas, e com todos aqueles que se reconhecem nesta missão, permite-nos liderar essa construção”.

As candidaturas estão agora a ser avaliadas pelos elementos do júri, seguindo os critérios já definidos no regulamento.

Imagem maximizada

fechar [X]