A INCM propõe-se concretizar projetos editoriais e outros de âmbito cultural para assinalar o centenário do nascimento de Amália Rodrigues
A INCM propõe-se concretizar projetos editoriais e outros de âmbito cultural para assinalar o centenário do nascimento de Amália Rodrigues

Protocolo entre a INCM e a Fundação Amália Rodrigues

20 de outubro de 2020

No ano em que se assinala o centenário do nascimento de Amália Rodrigues, a Imprensa Nacional - Casa da Moeda (INCM) e a Fundação Amália Rodrigues associam-se para homenagear aquela que foi por muitos considerada uma "Pátria pela voz".

Esta parceria foi concretizada através da celebração de um protocolo, assinado na Casa Museu Amália Rodrigues, em Lisboa, no dia 12 de outubro, por Gonçalo Caseiro e Alcides Gama, respetivamente Presidente e Vogal do Conselho de Administração da INCM, e Vicente Rodrigues e Luís Andrade, respetivamente Presidente e Vogal do Conselho de Administração da Fundação.

No âmbito deste protocolo, a INCM propõe-se concretizar projetos editoriais e outros de âmbito cultural, nomeadamente ações de divulgação da vida e obra de Amália Rodrigues e dos poetas que cantou junto de escolas e associações culturais e recreativas, através da recriação, interpretação teatral e leituras encenadas da obra infantojuvenil Amália Rodrigues - Um Lugar Misterioso, que faz parte da coleção "Grandes Vidas Portuguesas" , editada pela Imprensa Nacional.

Imagem maximizada

fechar [X]