• Foto 1 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    Foto 1 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    • Foto 2 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    Foto 2 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    • Foto 3 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    Foto 3 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    • Foto 4 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    Foto 4 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    • Foto 5 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola
    Foto 5 do produto Bonecas do Sudoeste de Angola

Bonecas do Sudoeste de Angola

A presente publicação acompanha o núcleo «A Brincar e Já a Sério. Bonecas do Sudoeste de Angola» da exposição permanente do Museu Nacional de Etnologia O museu, muitas coisas. Trata-se de uma coleção constituída por oitenta e três bonecas diferentes (18 kwanyama okana; 2 kwanyama corpo; 19 Carolo de milho; 42 Tronco; 2 Mwila barro) resultantes de diversos grupos culturais. As bonecas desta região começaram a ser recolhidas, numa fase inicial, por missionários, administradores, exploradores, aventureiros e, posteriormente, por etnógrafos treinados e antropólogos. São assinaladas por uma esfera feminina, infantil e ritual, sendo que algumas são amuletos de fecundidade, usadas por mulheres e raparigas em busca da concretização da maternidade, e outras são brinquedos de menina. Refira-se que a «designação dada a cada tipo de boneca tomou como critério inicial a sua imediata identificação, tendo sido posteriormente enriquecida com a informação adquirida sobre elas».

Imagem maximizada

fechar [X]