Coleção «Comunidades Portuguesas» procura dar visibilidade e voz aos portugueses e lusodescendentes a residir no estrangeiro
Coleção «Comunidades Portuguesas» procura dar visibilidade e voz aos portugueses e lusodescendentes a residir no estrangeiro

18 novembro | Apresentação da coleção «Comunidades Portuguesas» e cerimónia de entrega do Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro (2.ª edição)

18 de novembro de 2021

Hoje, a partir das 18h00, na Biblioteca da Imprensa Nacional, tem lugar a sessão de apresentação da coleção «Comunidades Portuguesas», seguida da cerimónia de entrega do Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro 2020, a Mónica Vieira-Auer.

Intervirão na sessão o Embaixador Luís Filipe Castro Mendes, o Professor Doutor Carlos Reis e o diretor de Edição e Cultura da INCM, Duarte Azinheira. O evento contará também com a presença do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, que fará o encerramento da sessão.

A Coleção «Comunidades Portuguesas» pretende trazer a público testemunhos, documentos, ensaios e obras de criação literária respeitantes aos portugueses que vivem, trabalham e criam fora de Portugal. Com esta coleção, iniciativa conjunta do Ministério dos Negócios Estrangeiros e da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, quer dar-se visibilidade e voz às nossas comunidades residentes no estrangeiro.

A vencedora da 2.ª edição do prémio é Mónica Vieira-Auer, portuguesa a residir na Alemanha, e autora de antes ontem que amanhã. Além de um prémio pecuniário no valor de cinco mil euros, Mónica Vieira-Auer acaba de publicar o seu trabalho na coleção «Comunidades Portuguesas».

O Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro, atribuído em conjunto pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda, tem como objetivo homenagear a figura incontornável de Ferreira de Castro e reforçar os vínculos de pertença à língua e cultura portuguesas de cidadãos nacionais residentes no estrangeiro e lusodescendentes.

Imagem maximizada

fechar [X]