• Foto 1 do produto Granta em Língua Portuguesa  5
    Foto 1 do produto Granta em Língua Portuguesa  5
    • Foto 2 do produto Granta em Língua Portuguesa  5
    Foto 2 do produto Granta em Língua Portuguesa  5
    • Foto 3 do produto Granta em Língua Portuguesa  5
    Foto 3 do produto Granta em Língua Portuguesa  5
    • Foto 4 do produto Granta em Língua Portuguesa  5
    Foto 4 do produto Granta em Língua Portuguesa  5

Granta em Língua Portuguesa 5

A propósito do crime de "lesa-majestade", ou seja, de traição ao rei, dizem as Ordenações Manuelinas (1521) que é a pior cousa, e mais abominável crime que no homem pode haver, a qual os antigos sabedores tanto aborreceram, e estranharam, que a compararam à gafém (lepra), porque esta enfermidade enche todo o corpo sem se nunca poder curar […]; o erro da traição não somente condena o que o comete, mas ainda empece e infama todos os que de sua linhagem descendem, posto que culpa não tenham. Quinhentos anos depois, ainda consideramos a traição abominável, embora nem todas as traições, e certamente não a traição por contaminação genealógica. Este número da Granta investiga diferentes traições, em diferentes domínios, com diferentes motivos. Serão essas traições todas iguais, ou haverá traições menos iguais que outras, traições compreensíveis, virtuosas até?

Imagem maximizada

fechar [X]