• Foto 1 do produto 250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)
    Foto 1 do produto 250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)
    • Foto 2 do produto 250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)
    Foto 2 do produto 250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)
    • Foto 3 do produto 250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)
    Foto 3 do produto 250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)
    • Foto 4 do produto 250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)
    Foto 4 do produto 250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)

250 Anos da Imprensa Nacional (Proof)

«O fim deste estabelecimento é o de animar as letras e levantar uma impressão útil ao público pelas suas produções». Assim se lia no alvará de 24 de dezembro de 1768, redigido pelo Marquês de Pombal e assinado pelo rei D. José, que fundou a Impressão Régia ou Régia Oficina Tipográfica, mais tarde (1833) designada Imprensa Nacional.
A partir do reinado de D. Maria I, a Imprensa Nacional passou a ser responsável pela edição da Gazeta de Lisboa, antecessora do atual Diário da República, o jornal oficial do País, atualmente editado e disponibilizado eletronicamente como um serviço público de acesso universal e gratuito, dando a conhecer os atos que regem a vida da sociedade portuguesa.
Para assinalar estes 250 anos de história da editora pública, ao serviço dos cidadãos, da cultura e da língua portuguesa, é cunhada uma moeda corrente comemorativa da autoria do designer Eduardo Aires.

Observações: Peso com embalagem - 28 g

Imagem maximizada

fechar [X]